Seja bem vindo e esteja bem informado!

*** Todas as postagens e fotos deste blog podem ser reproduzidas desde que sejam atribuídas autoria e fonte, conforme Lei Federal de Direitos Autorais nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Dúvidas, acesse o site da Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (Apijor): http://www.autor.org.br/ ***

as

25 junho, 2009

Professores de Jornalismo da Unisinos fazem manifesto ao STF

"Senhores ministros,


É surrealista a campanha que jornalistas fazem em defesa da regulamentação profissional, em defesa do diploma. Andamos na contramão da história. Sim, quando tantas categorias buscam regrar a lida profissional, jornalistas já fizeram esse exercício e agora lutam para que a regulamentação seja mantida.


Dentre os argumentos contrários à exigência do diploma para o exercício profissional, uma das pérolas aparece na justificativa de que qualquer pessoa letrada, com escolaridade e grau de leitura, pode ser jornalista.


Poderíamos, nessa mesma lógica, argumentar que todo cidadão, com conhecimento do Código Civil, com escolaridade e leitura, pode vir a exercer o Direito, como rábulas o faziam há alguns anos. Um bom mestre de obras, com alguma leitura, até que, a considerar essa lógica, vira engenheiro. Quem dos senhores teria coragem de abrir a boca para um dentista prático?


Não, não advogamos o retorno de rábulas, de dentistas sem formação, de curandeiros no exercício da medicina.


Não, não somos contra a liberdade de expressão. Ao contrário, por causa da coragem e determinação de muitos colegas que quebraram a espiral do silêncio, denunciaram violação aos Direitos Humanos, apontaram falcatruas, comentaram detenções irregulares, sinalizaram práticas de tortura, é que todo cidadão brasileiro pode exercer hoje a liberdade de expressão.


Esse pilar da democracia, longe de estar acabada, contou com a contribuição de profissionais da imprensa. A construção de uma sociedade mais justa e equânime também passa pela liberdade de imprensa, pela redação ética, estética, que não encare a informação como produto a venda, mas sabe-se compromissada com a cidadania responsável.


Se avaliarem a trajetória de jornais, revistas, rádio, televisão nas últimas três décadas, verificarão o avanço da imprensa na apuração, redação, edição e apresentação de notícias, entrevistas e reportagens, matéria-prima dos jornalistas. Não, não queremos tolher manifestações de especialistas das mais diversas áreas, assim como não queremos perder o que nos cabe fazer como jornalistas inseridos numa sociedade organizada.


Esse avanço tem direta relação com a dinâmica e progressão dos cursos de Jornalismo, que muito contribuíram, e tem muito a acrescentar, na formação de profissionais capazes de fazer as tantas leituras de realidades, também desta que querem nos impingir de que o diploma representa uma reserva de mercado de mediadores da mídia.


Os senhores bem o sabem, empresas de comunicação, na defesa de interesses comerciais, são bem mais decisivas na liberdade de expressão do que seus profissionais de redação.


Num mundo globalizado carente de utopias, não extirpem, senhores ministros, aqueles e aquelas que têm a formação para trabalhar bens simbólicos, tão necessários na construção de uma nação.


Esse é o nosso compromisso, como professores e professoras de Jornalismo - contribuir para uma formação digna, capaz, ética, estética, compromissada com valores de justiça e de liberdade".


São Leopoldo, 16 de junho de 2009


Nome - Localidade - RG
Edelberto Behs - São Leopoldo - 1003072327
Pedro Luiz S. Osório - São Leopoldo - 5003203928
Patricia Weber - São Leopoldo - 4034453061
Nísia M. do Rosário - São Leopoldo - 44663285015
Lia Luz - São Leopoldo - 2062592627
Maria Luiza Cardinale Baptista - São Leopoldo - 8063718418
Flávia Guidotti - São Leopoldo - 9037349421
Ronaldo Cesar Henn - São Leopoldo - 1009942531
Beatriz Marocco - São Leopoldo - 1015663311
Valério Cruz Brittos - São Leopoldo - 4012957091
Sergio Franscisco Endler - São Leopoldo - 7022341858
Beatriz Sallet - São Leopoldo - 1036516092
Thaís Helena Furtado - São Leopoldo - 1005661481
Daniel de Andrade Bittencourt - São Leopoldo - 5040817297
Marlise Brenol - São Leopoldo - 1056475021
Léo Nuñez - São Leopoldo - 2002524755
Flávio F. Dutra - São Leopoldo - 5005508601
Demétrio de Azeredo Soster - São Leopoldo - 2033337342
____________________


FONTE: Sindicato dos Jornalistas/RS

Nenhum comentário:

PERFIS FALSOS NO ORKUT ACABAM EM CADEIA!