Seja bem vindo e esteja bem informado!

*** Todas as postagens e fotos deste blog podem ser reproduzidas desde que sejam atribuídas autoria e fonte, conforme Lei Federal de Direitos Autorais nº 9610 de 19 de fevereiro de 1998. Dúvidas, acesse o site da Associação Brasileira de Propriedade Intelectual (Apijor): http://www.autor.org.br/ ***

as

30 janeiro, 2009

O símbolo do Jornalismo é a RAPOSA, não a foca!



Podem até me chamar de exigente, intransigente e intolerante, mas há coisas que são simplesmente inadmissíveis. Um dia recebi um email de uma amiga e colega jornalista perguntando se eu sabia onde ela poderia conseguir a foto de uma “foca” que, segundo ela, seria o “símbolo do Jornalismo”. Recentemente recebi um email da produtora que organizou a minha formatura, me informando que eles não tinham o símbolo da “foca” para colocar nas fotos da minha formatura como pedi e perguntando se eu queria que eles colocassem o “galo” (símbolo da Publicidade) ou se eu teria a imagem de uma foca para enviar a eles. Uma foca o símbolo de Jornalismo? Um Jornalista tem a obrigação, não de saber tudo, mas de se manter informado e uma produtora que faz formaturas de todos os cursos tem a obrigação de saber quais são os símbolos de todos eles. Sem falar no absurdo de me perguntarem se gostaria que eles colocassem o símbolo do curso de Publicidade e Propaganda nas minhas fotos. Uma foca? “Foca” é como se chama o Jornalista recém-formado, em início de carreira, inexperiente, que geralmente fica incumbido das matérias mais chatas e é depreciado e fofocado entre os jornalistas experientes. O símbolo do Jornalismo é a RAPOSA.
Por que a raposa? Porque ela é o símbolo maior da esperteza e da astúcia. Tem visão, olfato e audição bastante aguçados e permanece alerta a tudo que se passa a sua volta, além de ser extremamente ágil e inteligente. Soberba? Presunção? Nem um, nem outro. Não fui eu quem escolheu a raposa como símbolo do Jornalismo... Mas quem o fez tem toda razão!!!

13 comentários:

Patrícia Ramos disse...

Olá Tatiana, antes de mais nada gostaria de dizer que achei o seu blog muito interessante, principalmente para pessoas que querem seguir jornalismo como eu.
Irei prestar vestibular para comunicação social esse ano e na verdade ando cheia de dúvidas sobre a profissão que escolhi.
Meu propósito principal de ter vindo fazer um comentário foi para saber se você poderia me ajudar, me dá uns toques sobre a área e até debater algumas idéias.
Fiz meu blog hoje e ele anda meio sem graça, eu sei, mas é porque ainda estou aprendendo a usá-lo.
Bom, mesmo que não queira me ajudar, fico grata desde já por ter parado para lê-lo.
Aguardo resposta.

Beijão,
Patrícia Ramos.

Patrícia Ramos disse...

Sou eu denovo!
Caso se interesse, esse é o meu blog ! http://patiprevest.spaceblog.com.br/

Obrigado mais uma vez pela atenção.

Patrícia Ramos.

Augusto Pinz - MrPinz (53) 8126-3414 disse...

Fico contente cada vez que vejo um (a) jornalista com a consciência de classe que falta tanto no meio. Parabéns pelo blog, pelas palavras e pela sua atitude.
já virei seguidor..abraço

Bruna Moraes disse...

E de onde veio "a foca"? Gosto tanto!

Eollica disse...

Ahhh muito obrigada pelo post! estava pesquisando também.. citei um pedaço do seu post no meu, espero que não se importe: http://migre.me/4nhYa

Kelem disse...

Olá11 o meu caso é o mesmo da Patrícia, estou no terceiro ano e também muitas dúvidas sobre essa profissão que acho fascinante. Adorei o seu blog. Parabéns!! Gostaria de algumas dicas como que cadeiras se estudam, qual seguimento devo seguir...

aah e se quiser visitar meu blog , fique a vontade!
www.nodia-a-dia.blogspot.com

Abraço!

Kelem

Kelem disse...

Olá!! o meu caso é o mesmo da Patrícia, estou no terceiro ano e também muitas dúvidas sobre essa profissão que acho fascinante. Adorei o seu blog. Parabéns!! Gostaria de algumas dicas como que cadeiras se estudam, qual seguimento devo seguir...

aah e se quiser visitar meu blog , fique a vontade!
www.nodia-a-dia.blogspot.com

Abraço!

Kelem

Camila Santana disse...

Bom, adorei saber que não sou "o foca" do jornalismo e sim "a raposa".
O foca surgiu quando as máquinas fotográficas ainda era movidas à pólvora e placa de magnésio. Os fotojornalistas focavam as imagens e riscavam os fósforos para tirar a gravura. Os mais inexperientes acabavam por atrasar o trabalho, fazendo com que os outros gritassem: "Foca logo!" e, quando terminado eles retrucavam: "lá vem o foca"..
Bom, acho que foi assim que surgiu a terminologia!

Beijos

Tatiana Vasco - Jornalista Diplomada disse...

Olá Camila! Obrigada pelo seu comentário e pela contribuição a respeito da terminologia. Bjos!

Adelino Vicente disse...

OLÁ, SOU JORNALISTA DE FATO JÁ FAZEM 28 ANOS E ATUO EM VÁRIAS MÍDIA E FAÇO FACULDADE DE JORNALISMO.
SOBRE NOSSO SÍMBOLO, QUERO DIZER QUE VÁRIAS RAPOSAS JÁ ME VISITARAM EM CASA, ATUALMENTE ACORDO DE MADRUGADA COM UM TROPEL QUE CHEGA A ASSUSTAR, DÁ A IMPRESSÃO QUE ALGUÉM ESTÁ CAMINHANDO NA SALA, QUANDO NA VERDADE ELA ESTÁ SE MOVIMENTANDO É NO TETO, MAS NÃO ME INCOMODO POIS ELA SÓ QUER A COMPANHIA DO RAPOSÃO AQUI.

Cleiton disse...

Acredito que não seja esse tipo de raposa que esta no assunto, faço jornalismo fotográfico e também tinha essa dúvida entre raposa ou foca, obrigado por tirar minha dúvida.

Gazeta de Rondônia disse...

Você sabe por que a foca é o símbolo do jornalista novato? A pesquisa foi feita pelo aluno Leonardo Falcão que encontrou a seguinte definição do jornalista e colunista do jornal "Planeta Express", Valdir Sanches, publicada no site "Alfarrábio" (http://alfarrabio.org) " (...) Outro bicho, este marcante no jargão do jornalismo, é a foca. Na verdade, "o" foca. Jornalista novo, inexperiente. Um foca. Consta que o apelido vem dos remotos tempos do flash a magnésio. Os fotógrafos dos jornais preparavam suas máquinas: focavam e deixavam o obturador (uma pequena "janela") aberto. Quando todos estavam prontos, alguém riscava um fósforo numa placa de magnésio e ela "explodia" num clarão. Essa luz passava pelo obturador aberto e impressionava a chapa, o avô do filme. "Péra aí, estou focando." E os outros: "Foca logo, caramba". Ocorre que alguns fotógrafos, inexperientes, demoravam para preparar a máquina - e atrasavam os outros. "Péra aí, estou focando." E os outros: "Foca logo, caramba". E mais tarde... "Ih, lá vem o foca". Esta é a história que eu conheço. Vendo o peixe como comprei". Agora que você já sabe a razão: participe do concurso e crie um mascote para o Jornal Laboratório, inspirado na (no) foca. Procure o professor Sebastião Martins.

Tatiana Vasco - Jornalista Diplomada disse...

Olá Gazeta de Rondônia.
Na realidade FOCA é o "apelido" do jornalista novato, não o SÍMBOLO do jornalismo. Como descrito no meu texto, o símbolo do Jornalismo é a RAPOSA.
Obrigada por seu comentário.

PERFIS FALSOS NO ORKUT ACABAM EM CADEIA!